10 de agosto de 2009

Google Street View

Qual foi sua viagem mais longa fisicamente ? E virtualmente ?

Isso mesmo, com o Google Street View, você poderá fazer visitas virtuais a alguns países ao redor do mundo.

Segundo a Wikipédia, o Google Street View é um recurso do Google Maps e do Google Earth que disponibiliza vistas
panorâmicas de 360º na horizontal e 290º na vertical, e permite que os usuários, vejam partes de algumas regiões do mundo
ao nível do chão/solo. Quando foi lançado em 25 de maio de 2007, apenas 5 cidades amaricanas haviam sido incluídas. Desde
então já se expandiu para milhares de localizações em alguns países como EUA, França, Austrália e Japão.
O Google Street View mostra fotos tiradas por uma frota de veículos do modelo Chevrolet Cobalt nos Estados Unidos,
Opel Astra na Europa e Austrália, e Toyota Prius no Japão. Em áreas de pedestres, ruas estreitas e outros lugares
que não podem ser acessados / acedidos por carros são usadas as Google Bikes[1]. As imagens podem ser navegadas
usando tanto o rato / mouse quanto o teclado. Com esses dispositivos as fotos podem ser vistas em diferentes
tamanhos, a partir de qualquer direção e de diversos ângulos. As linhas que surgem na rua que está
está a ser exibida indicam a direção seguida pelo carro com a câmera do street view.

Street View no Brasil.

O Google Brasil, fechou acordo para trazer o serviço de captura de imagens de ruas e avenidas Street View par diversas
cidades brasileiras.
A montadora Fiat está envolvida nos planos do buscador para adaptar o serviço ao mercado nacional no centro de desenvolvimento do Google em
Belo Horizonte, já responsável pela adaptação do Google Maps no Brasil.
As cidades de Belo Horizonte e São Paulo, onde o Google tem escritórios no Brasil, e Rio de Janeiro, estão
confirmadas para receber o serviço, embora uma das fontes admita que "haverá mais cidades atendidas", sem
apontar o número preciso.[3]

A 3 de julho de 2009, os carros da FIAT, com equipamentos para fotos do Google, começaram a rodar pelas
ruas de BH, tirando as fotografias (alguns vídeos desses "flagras" foram postados no YouTube). Já em SP
e no RJ, a previsão é de que o processo se inicie um pouco depois disso.

Privacidade.

Os defensores da privacidade fizeram / levantaram objeções a esse recurso do Google Maps, indicando
fotos que mostravam homens saindo de strip clubs, pessoas em roupas de banho, pais batendo em seus
filhos, homens com prostitutas e outras atividades, bem como pessoas em situações visíveis de
propriedades públicas nas quais elas não gostariam de ser vistas publicamente. O Google reafirma
que as fotos foram tiradas em propriedades públicas. Antes de o serviço ser lançado, as fotos de
violência doméstica foram retiradas. Desde então o Google permite que os usuários / utilizadores
marquem as fotos como inapropriadas ou sensíveis para que seja feita uma revisão e possível eliminação.
Falando em privacidade, clique aqui e veja isso.

Confira o vídeo abaixo, do Making of da parceria da Fiat e Google.




Na minha opinião, vai ser outro serviço bastante útil para a vida de muitas pessoas, e o melhor, você não precisa pagar nada para usufruir dos serviços, como na maioria dos outros programas, mas ao que diz respeito a privacidade, pode incomodar bastante gente, mesmo que os rostos e placas de veículos estejam borrados, mas mesmo assim, ta valendo.

.

4 Comentários:

Ryuji disse...

Nuss, demais isso.
Se o Maps já era útil, esse vai ser ótimo..
E quanto a essas cenas flagradas... hehehe

aumentavisitas disse...

Muito foda essa ferramenta do google no brasil.

blackchip disse...

Não é pagando pau pra Google não, mas serviços bom e grátis, me fala onde você encontra ai ?
hehehehe

Vini e Carol disse...

Caraca, que interessante cara!
Nem sabia disso ae.
O Google tem várias ferramentas bacanas que pouca gente sabe que existem.
Da hora!

Abraço.

Postar um comentário

Twitter

Seguidores

Comentários recentes

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

  ©Template by Dicas Blogger, modificado por InfoBlogui.

TOPO